Por um fio

Mais um da categoria “Preciso reescrever”. Ainda não me encontrei neste tipo de narração de lembranças.

Em dezembro, durante um passeio pelos subúrbios são-carlenses, deparei-me com uma declaração tocante, escrita num poste de luz em muito bonita e arredondada caligrafia:

CARLOS, EU TE AMO MUINTO

Muinto beim, muinto beim. Eis aí um ótimo exemplo de compreensão fonética! Ninguém que eu conheça diz MUITO ou BEM. E a admiradora secreta (ou admirador secreto) do Carlos não só aprendeu a escrever como sabe representar graficamente à perfeição os fonemas de uma palavra.

Lembro-me de como aprendi que existem diferenças entre como se fala e como se escreve. Éramos uma classe recém-alfabetizada, com muitos alunos, como eu, vindos da zona rural, ou seja, lá da roça. Numa das longínquas aulas do começo da década de 1990, fui convidada a escrever uma frase na lousa. Giz na mão, rabisquei a tal frase, da qual só me restou esta lembrança: eu tasquei no meio da dita-cuja a palavra PAIÓ.

Nossa professora, a tia Hildet, escandalizou-se:

– Paió? Vocês sabem o que é paió?

E a classe em uníssono:

– Siiiiiiiiim! – afinal, vínhamos da roça. Todo mundo tinha um paió em casa.

– E o que é um paió?

– É onde a gente guarda o MIO!

Daí tia Hildet, triunfante, explicou que a gente fala paió mas escreve PAIOL e fala mio mas escreve MILHO. Que mundo louco esse nosso.

Vai dessas, apareceu na lousa a palavra FIO. Nós, alunos aplicados, não tivemos dúvidas:

– Tá errado, tia Hildet! O certo é FILHO!

– Não, gente,  é “fio” mesmo! Vocês não sabem o que é “fio”?

E a tia Hildet, que pronunciava a palavra FIO com precisão, ou seja, tal qual se escreve, não conseguia nos fazer entender do que é que ela estava falando. Ela se exasperou tanto que saiu batendo a porta e voltou com uma extensão na mão:

– Olhem aí: um fio!

Só então um murmúrio de iluminação percorreu a sala de aula:

– Aaaaaaah!

A gente teria entendido mais rápido se ela tivesse dito, simplesmente, FIU.

Anúncios

~ por Thaís Emília em 01/03/2010.

7 Respostas to “Por um fio”

  1. Querida Tha. Adorei estas poucas palavras. Vou continuar acompanhando! Um bjo grande.

  2. Excelente! esse texto realmente tá muito bom. e não só “bonitinho”, como o visual “oquei” do blog. ;)

  3. Rs… teu jeito peculiar de escrever… vamos tomar um café? desde que não seja às 2:10 da madrugada ok? rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: