Confissões

Minha última aquisição literária foi Cascata de Cuspe, de João Roberto Marinho, pescada entre os títulos empoeirados e pretensamente ordenados por sobrenome de autor do sebo do Bau. Me dirigi ao caixa e a vendedora me disse, em tom de confidência: “Ai, eu também adoro as aventuras da turma do Gordo, confesso”.

“Confesso”, minha senhora? Engraçado essa galera que rotula com um “confesso” declarações que não trazem nenhum risco moral. Confissão que se preze tem que manchar sua reputação, minha senhora, ainda que reputação seja uma grande bobagem, arriscável quando os outros descobrem que:

Eu li e reli todos os livros do Harry Potter. Estou esperando a próxima grande promoção do Submarino para comprar a coleção completa, que ocupará lugar de honra na minha estante: ou seja, o lugar mais acessível.

Eu assisto à trilogia d’O Senhor dos Anéis todas as vezes em que é reprisada, ainda que seja exibida a versão dublada.

O disco que eu mais ouvi nesta semana foi O Descobrimento do Brasil – Legião Urbana, que por sinal ainda não saiu da playlist para os próximos dias.

Anúncios

~ por Thaís Emília em 25/04/2010.

Uma resposta to “Confissões”

  1. Dona Lúcia, tem uma coisa engra ada, ouve só o manobrista da noite disse que toda vez que essa campainha toca, ele se lembra da senhora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: